Quais cuidados o motoboy deve ter com a carga?

Data:

Quais cuidados o motoboy deve ter com a carga?

Existem alguns detalhes que fazem parte das características que fazem de São Paulo a cidade que ela é. O trânsito, a mudança de tempo num tempo incrível, filas, pontos turísticos, comidas regionais, várias opções de entretenimento espalhados pela cidade e motoboy.

É impossível andar pela cidade de São Paulo, seja a pé, de carro ou de transporte público, sem ver uma grande quantidade de motoboys rodando pela cidade. Este profissionais são responsáveis por nos entregar produtos, comidas, entre outras cargas em qualquer lugar da cidade e em um espaço de tempo impressionante.

Não é a toa que o motoby é conhecido por ser alguém que está sempre correndo. Pode reparar que é muito difícil ver um motoboy andando tranquilamente pelo trânsito paulistano, isso porque eles estão sempre correndo para entregar seus produtos no horário combinado.

E na verdade é neste quesito que pode morar o perigo: a pressa. Por mais que essa seja uma característica de qualquer motoboy - principalmente porque a maioria das empresas usam como marketing a velocidade da entrega de produtos - é preciso que o profissional tenha alguns cuidados com a carga durante seu transporte.

De que adianta entregar a carga no horário e produto chegar ao seu destino quebrado, amassado ou com qualquer outro defeito? O motoboy acaba perdendo a corrida e ainda conquista um cliente insatisfeito. Ainda mais se pensarmos que o asfalto da cidade não é um dos melhores.

Por esse motivo, é preciso pensar em todas as probabilidades na hora de transportar um produto. Inclusive, nos cuidados que o motoboy precisa ter para entregar o produto no tempo certo e inteiro.

Cuidados que o motoboy deve ter com a carga

 1 - Cada peça é única

O motoboy trabalha no seu dia a dia com peças distintas, ele entregará de documentos a objetos frágeis e quebráveis, por esse motivo cada um desses itens deve ser tratado como peças únicas, assim como os cuidados com eles também precisam ser únicos.

Cada item deve ser separado, isolado e embalado conforme as características do produto. Uma das dicas essenciais na hora do transporte é que os embrulhos não devem ser colados todos num único pacote.

Isso porque, quando o veículo sacode, os produtos podem se chocar uns com os outros, e o motoboy acaba estragando todas as mercadorias de uma só vez, ao invés de danificar uma ou outra.

Por isso, nunca coloque todos os produtos todos juntos, na hora de embalá-los é preferível que se separe os produtos por tipo e embalá-los especificamente de acordo com suas características. No caso de documentos, você pode usar um envelope, e, no caso de produtos quebráveis, é preferível que se use plástico bolha.

2 - Saber acomodar os produtos corretamente

Outro fator que o motoboy precisa levar em consideração é a acomodação dos produtos no veículo. É importante acomodar os itens igualmente nos lados dos veículos, além de evitar sobrecarregar só um lado do veículo, você também evita que eles se mexam, batam uns nos outros e acabem se quebrando.

3 - Utilize caixas

Por mais que as caixas impeça de você entregar mais produtos numa saída, a caixa é a melhor amiga do motoboy. A caixa protege muito mais os produtos e muitas vezes elas acabam recebendo o impacto que o produto receberia se não tivesse dentro da caixa.

Por isso, nunca subestime a importância da caixa durante um transporte de carga.

4 - Produtos frágeis devem ficar por cima

Quando você vai no mercado você sempre coloca os alimentos mais frágeis na parte de cima, certo? O mesmo deve acontecer na hora de se transportar um produto frágil.

Acomode primeiro as cargas pesadas em baixo e depois as frágeis na parte de cima, assim você evita que em alguma freada as cargas pesadas caiam em cima das cargas frágeis.

5 - Produtos frágeis merecem o dobro de atenção

É essencial na hora de fazer a descrição do produto que seja discriminado na caixa ou num papel que seja, a fragilidade do produto e também o que tem dentro da caixa.

Dessa forma, todos que manuseiam o produto saberão que trata-se de um objeto frágil e que merece o dobro de cuidado na hora de transportá-lo. Essa informação simples evita que o motoboy e outras pessoas que tiveram contato com o produto acaba se descuidando e estragando o objeto.

6 - Prenda sempre a mercadoria

Por mais que você já conheça a região onde fará a entrega, nunca deixe de subestimar a probabilidade de imprevistos e deixe sua carga solta.

Por mais que você como motoboy conheça todos os trajetos, é muito importante se prevenir, assim você evita maiores problemas caso aconteça algum imprevisto no meio do caminho.

Lembre-se: uma carga prejudicada cria um cliente insatisfeito e com certeza não é isso que você quer.

7 - Veículo em boas condições

Do que adianta você cuidar todos os cuidados que citamos acima se o veículo que você usa não está em boas condições? Um veículo em más condições pode criar diversos problemas para o motoboy, ele pode causar acidentes, machucando a si próprio e outras pessoas e ainda perde as mercadorias que transportava.

Então, antes de qualquer coisa, verifique se a sua moto está em boas condições para fazer entregas, é importante não colocar a vida de ninguém e nem dos produtos em perigo. Desta forma, você evita qualquer prejuízo pessoal ou financeiro.

 8 - Veículo com rastreamento

Quer deixar seu cliente e seu empregador ainda mais satisfeito? Então instale em seu veículo um rastreador via satélite, assim cliente e empregador podem acompanhar o trajeto do produto até a entrega.

Esse elemento pode até ser uma ferramenta de ajuda caso você sofra um assalto, por exemplo.

Você cliente terá todas esses cuidados ao contratar a GF Express transportes. A empresa faz questão de tomar todos esse cuidados, seja uma carga transportada por motoboy ou por caminhões. Desta forma, você terá certeza que receberá o seu produto do mesmo jeito que o comprou.

Afinal, ninguém quer receber um produto danificado, e com a GF express você tem essa certeza com relação o estado da sua carga.



DEIXE SEU COMENTÁRIO: